David

 

Existem cada vez mais formas de expressão artística e a fotografia é, talvez, uma das mais poderosas nos dias de hoje, uma vez que tem, como princípio, evidenciar um sentimento através da imagem.
David Uzochukwu foi recentemente galardoado com o prémio de o “Fotógrafo do Ano”, em Berlim, no EyeEm Awards, que contou com a participação de cerca de 15 mil competidores. A sua foto, intitulada “Cry Me a River”, foi a vencedora entre as mais de 100 mil totalizadas dos participantes.david2
O auto-retrato (que se pode ver na imagem principal) faz parte um projeto pessoal onde David se propôs tirar uma foto por dia. Segundo o que o jovem fotógrafo afirmou, o facto de se forçar a tirar uma foto diária o fez ser bastante inventivo e criativo, para ter sempre momentos interessantes a serem retratados.
Alguns dos outros concorrentes questionaram o facto do prémio ter sido dado a uma fotografia que muitos profissionais da área consideram cliché (olhos fechados, água a escorrer pelo rosto), ao que o júri respondeu que “as pessoas esquecem-se que este auto-retrato fotográfico vem de uma pessoa muito jovem e que, mesmo com a pouca idade, revelou já possuir um olhar sensível e delicado para a fotografia”. Sabendo que a fotografia não é apenas técnica, mas também emoção e sentimento, não é de estranhar a distinção atribuída a David.

Fonte: http://portugueseindependentnews.com
Site: http://www.daviduzochukwu.com/